fbpx

Termina nesta quinta inscrição para festival gastronômico “Feito em SP”

Campinas recebe no dia 13 de outubro o “Feito em SP”, um dos eventos do SP Gastronomia, o maior programa gastronômico do País, que terá em sua primeira edição etapas regionais em todo o Estado. O programa é destinado a restaurantes, bares, padarias e produtores. As inscrições para participar da etapa Campinas terminam nesta quinta-feira, 26 de setembro, e devem ser feitas no site www.feitoemsp.com.br. E para este perfil de estabelecimentos, a organização faz um convite especial: “Se você tem aquela receitinha deliciosa ou faz produtos que ninguém resiste, bote a mesa e inscreva-se agora”.

 

 

O Festival é um programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com a curadoria do Mundo Mesa. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo é a pasta responsável em acompanhar em Campinas a realização do Festival ‘Feito em SP’, criado com o intuito de selecionar as receitas culinárias e os produtos mais emblemáticos do Estado de São Paulo.


 

 

A ideia do projeto é consolidar a gastronomia do Estado como um dos mais importantes alicerces da economia e do empreendedorismo, desde o cultivo, da agricultura, até a produção de alimentos manufaturados e o setor de restaurantes.

 

 

Como funciona

 

O “Feito em SP” vai eleger pratos e produtos típicos e saborosos do Estado de São Paulo. A seleção terá dois momentos. No primeiro, os estabelecimentos (restaurantes, bares, padarias, produtores e fabricantes) têm que se cadastrar, respeitando as datas de inscrição de sua Macrorregião (Campinas é até 26 de setembro). Uma comissão avaliadora formada por profissionais do Mundo Mesa, pelas secretarias estaduais de Cultura, Turismo e Agricultura e por Chefs Madrinhas e Chefs Padrinhos convidados a participar de cada etapa, escolherá quatro produtos agropecuários manufaturados (doces, salgados, embutidos, queijos, etc.) e quatro pratos de estabelecimentos comerciais relevantes e icônicos daquela macrorregião.

 

 

No segundo momento (de 2 a 18 de outubro), os oito finalistas selecionados se apresentarão por um dia na Cidade-Anfitriã de sua macrorregião, onde deverão levar, no mínimo, 300 porções pré-preparadas para venda pública, a preços populares, entre R$15,00 a R$25,00 e mais sete pequenas porções para degustação da comissão técnica. Neste mesmo dia, a comissão técnica escolherá, em sala reservada, os dois produtos e os dois pratos vencedores da macrorregião, indicando ainda a classificação dos demais a título de reserva. O anúncio dos vencedores será feito no palco antes do final do evento.

 

 

Os quatro vencedores participarão da 16ª e última ação, no Festival Feito em SP, na cidade de São Paulo, de 24 a 27 de outubro, nas instalações do Memorial da América Latina. Os 30 produtos e 30 pratos vencedores irão expor e vender seus produtos a preços populares pré-determinados em acordo com a Organização.

 

 

Etapa Campinas

 

A chef madrinha em Campinas será Juliana Amorim, que vai ministrar uma aula masterclass de uma hora.

 

A macrorregião de Campinas  no evento abrange os cadastros das seguintes cidades: Aguaí, Águas da Prata, Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Americana, Amparo, Analândia, Araras, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Brotas, Cabreúva, Caconde, Campinas, Campo Limpo Paulista, Capivari, Casa Branca, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Cosmópolis, Divinolândia, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Espírito Santo do Pinhal, Estiva Gerbi, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Ipeúna, Iracemápolis, Itapira, Itatiba, Itirapina, Itobi, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Leme, Limeira, Lindóia, Louveira, Mococa, Mogi Guaçu, Moji Mirim, Mombuca, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Bárbara d’Oeste, Santa Cruz da Conceição, Santa Cruz das Palmeiras, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra, Santo Antônio de Posse, Santo Antônio do Jardim, São João da Boa Vista, São José do Rio Pardo, São Pedro, São Sebastião da Grama, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tambaú, Tapiratiba, Torrinha, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Vargem Grande do Sul, Várzea Paulista e Vinhedo.