fbpx

Unidades de tratamento são interligadas na obra de ampliação da ETE Mário Candello

Foto: DCS Saae

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos (Saae) e a Construtora Elevação, responsável pela obra de ampliação e adequação da Estação de Tratamento de Esgotos Mario Araldo Candello (ETE MAC), realizaram entre os dias 18 e 20 a interligação das unidades que já estão prontas.


Foram interligadas as novas lagoas de tratamento às antigas, o sistema de gradeamento e as quatro novas estações elevatórias de esgotos, com essa ação a obra chega a mais de 80% de sua conclusão. Faltando apenas a interligação dos sistemas elétricos e de monitoramento. Os trabalhos seguem em ritmo acelerado tornando sua data de finalização cada vez mais próxima.

Com a instalação de equipamentos de primeira linha todo o processo de tratamento ganhará em eficiência e desempenho. Como exemplo a implantação de iluminação em LED, um sistema eficaz de backup elétrico automatizado que permite o controle de todo processo.

A ETE MAC está sendo adequada e ampliada para tratar 100% do esgoto coletado no município e usa um dos mais avançados métodos de tratamento de esgoto do mundo: o biológico, hoje sua capacidade máxima de tratamento é de 1000 litros por segundo, com uma carga orgânica de 200 DBO5 mg/l. Após as obras sua vazão máxima de tratamento será ampliada para 1320 L/s e uma carga orgânica diária estimada em 458 DBO5 mg/l.

A obra de ampliação também contempla o modelo de tratamento terciário através de desinfecção do efluente por hipoclorito de sódio e utilização de membranas ultra filtrantes no processo de produção de água de reuso. O resultado do tratamento será um produto que poderá ser utilizada por empresas que não usam água tratada em suas linhas de produção, para lavagem de ruas e rega de jardins.