Connect with us

Nossa Cidade

UPA Campo Grande receberá R$ 3,6 milhõesano após habilitação Federal

O Ministério da Saúde habilitou e qualificou a UPA Campo Grande como unidade de pronto atendimento porte 3, conforme portaria assinada pelo ministro Marcelo Queiroga e publicada na edição desta segunda-feira, 25 de julho, no Diário Oficial da União.

Com a habilitação, a unidade passará a receber R$ 3,6 milhões anuais em recursos federais para o custeio de ações e serviços de média complexidade em urgência e emergência para a saúde da população. A qualificação, conforme a portaria, é válida por 3 anos e pode ser renovada mediante novo processo de avaliação


O diretor de Urgência e Emergência da Rede Mário Gatti, Steno Pieri, afirmou que a habilitação corresponde a um certificado de qualidade ao trabalho que vem sendo realizado na UPA.

“A habilitação é reflexo das adequações que vem ocorrendo na unidade desde a criação da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar, tanto em estrutura quanto em recursos humanos”, informou.

A habilitação obtida pela UPA é a mais alta, dentro dos critérios estabelecidos pelo ministério. As exigências para essa habilitação são que a unidade tenha uma abrangência para uma população entre 200 mil e 300 mil habitantes, tenha nove médicos no atendimento diário, sendo cinco no período diurno e quatro no noturno; faça até 10.125 atendimentos e igual volume de classificação de risco.

A UPA Campo Grande é a maior unidade de pronto atendimento da Rede Mário Gatti em número de atendimentos e a segunda a ser habilitada pelo Ministério da Saúde (a primeiro foi a São José, habilitada como porte 2). A Rede já solicitou a habilitação de duas outras UPAs, a Carlos Lourenço e a Anchieta Metropolitana.

Continue Reading
Publicidade

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.