Connect with us

Nossa Cidade

Decreto altera o nome da Secretaria de Recursos Humanos

Publicado

em

Decreto altera o nome da Secretaria de Recursos Humanos

A partir desta terça-feira, 12 de janeiro, a Secretaria Municipal de Recursos Humanos recebe um novo nome: Secretaria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas. A alteração, feita por Decreto, pode ser consultada na versão online do Diário Oficial, disponível no www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/ .

O Departamento de Recursos Humanos, assim como suas coordenadorias, também recebeu nova denominação e agora passa a se chamar Departamento de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas.


De acordo com a secretária da Pasta, Eliane Jocelaine Pereira, o decreto representa muito além de uma mudança administrativa. “É uma nova forma de pensar a gestão dos servidores, o início de uma mudança na cultura organizacional da Prefeitura de Campinas“, explicou.

Ainda segundo ela, é preciso ter mecanismos de valorização e motivação do servidor, o que vai refletir diretamente na qualidade do serviço público prestado à população. “É preciso que os servidores compreendam o seu papel e se identifiquem como agentes transformadores”, completou.

Eliane Jocelaine explicou que dentro dos projetos que estão sendo pensados na Secretaria, está a criação de um grupo de trabalho para a implantação de políticas afirmativas para servidores negros, mulheres e pessoas com deficiência no âmbito da estrutura administrativa da Prefeitura.

“Demos um passo importante com a implantação da lei de cotas para negros, mas temos que avançar. Além do ingresso, precisamos promover políticas que possibilitem que esses servidores tenham oportunidades de crescimento profissional dentro da Administração, ocupando, dentro de suas atribuições, cargos de chefia e gestão”, explicou.

Outro projeto, dentro do Plano de Ação – 100 Dias Campinas, é o projeto de lei que amplia a licença paternidade de 5 para 20 dias. A medida, garantida também para servidores que adotarem crianças, tem como objetivo incentivar e promover a paternidade ativa e promover um olhar de igualdade e equidade na tarefa familiar. 

Copyright ©2014-2020 NoticiasCampinas.com.br. Todos os direitos reservados.